Whatever
home   ask   faceb   ff+   about   meus
1 2 3 4 5
Fui abençoada com um coração meiguíssimo e em contrapartida com um pavio bem curto. Exatamente igual a um vidro: se me jogar no chão, eu quebro… mas se me pisar, te corto.”
Martha Medeiros (via gabscunha)
já se deu conta
de que se eu fosse uma calculadora
eu poderia entrar em pane
registrando
as infinitas vezes que você usou
esse olhar castanho-claro?”
Charles Bukowski.  (via palavrisses)
O que eu fui ontem e anteontem já é memória. Escada vencida degrau por degrau, mas o que eu sou neste momento é o que conta, minhas decisões valem para agora, hoje é o meu dia, nenhum outro.”
Martha Medeiros.  (via acrescentada)
Que me desculpem os frágeis, deprimidos e exagerados, mas tem dor que não é pra tanto. Eu, por exemplo, levo umas duas rasteiras da vida por semana. Se eu caio? Caio. Se eu morro? Não, não morro. E você também não morrerá. Sem drama, sem exageros. Quem muito exagera na dor, um dia acaba acreditando que ela machuca na mesma proporção e, por fim, acaba morrendo. Eu ainda estou vivo, e você?”
Alugue Felicidade.    (via palavrisses)
Mas de alguma forma, quando eu te conheci, eu sabia que seria você. Talvez tenha demorado pra perceber, mas o fato foi que percebi e naquele momento eu tive a certeza de que não podia te perder. Eu temia que fosse amor. Mas, de repente, me senti tomado por algo mais forte que eu e de alguma forma, você teria que ser meu.”
Tati Bernardi. (via acrescentada)
Há uma solidão neste mundo tão grande que você pode vê-la no movimento lento dos ponteiros de um relógio. Pessoas tão cansadas. Mutiladas. Seja por amor ou por falta de amor. As pessoas simplesmente não são boas uma para as outras. Um em um. Os ricos não são bons para os ricos. Os pobres não são bons para os pobres. Estamos com medo. Nosso sistema educacional nos diz que todos nós podemos ser grandes vencedores. Ele não nos disse sobre os esgotos. Ou os suicídios. Ou o terror de uma pessoa em um só lugar. Sozinha. Intocada.”
Charles Bukowski.  (via palavrisses)
Eu tô sempre esperançosa que melhore, que flua, que aconteça. Mas uma hora a gente duvida da fé. Uma hora a gente cansa.”
Clarissa Corrêa. (via sutilizar-se)
Deitei na cama e lamentei. Lamentei pelos dias, semanas, meses, anos, que passam, e a gente nem vê, e, quando vê, já é tarde demais. Já não são as mesmas pessoas, os mesmos sentimentos, os mesmos sabores. Quando se vê, está tudo acabado. Lamentei por tudo que acabou, mas não deveria ter tido um fim; por tudo que morreu lá fora, mas continua vivo dentro de mim. Lamentei pelos poemas que escrevi e não fui capaz de deixá-los penetrar outros corações que, talvez, guardassem uma dor tão grande quanto a minha. Lamentei por lamentar tanto; lamentar tudo. Toda essa lamentação tem me feito mal. Tudo, ultimamente, tem sido um motivo para me deixar em prantos, me fazer chorar, deplorar, lastimar. Não sei se estou mais vulnerável, ou o mundo está mais agressivo. Se perdi a armadura, ou o mundo fortaleceu suas armas. Se o escudo que estava à minha volta se desfez, ou o mundo aprendeu a atravessá-lo. Para falar a verdade, acho que o mundo, enfim, percebeu que, por trás de uma falsa proteção, há uma pessoa que lamenta a própria existência.”
Pedro Peixoto. (via inutil-pensamento)
As pessoas deviam ser leais umas com as outras, mesmo que não fossem casadas. Em certa medida, a confiança devia ser mais profunda, porque não era santificada pela lei.”
Bukowski.    (via sou-inseguro)
Gente fina é aquela que é tão especial que a gente nem percebe se é gorda, magra, velha, moça, loira, morena, alta ou baixa. Ela é gente fina, ou seja, está acima de qualquer classificação. Todos a querem por perto. Tem um astral leve, mas sabe aprofundar as questões, quando necessário. É simpática, mas não bobalhona. É uma pessoa direita, mas não escravizada pelos certos e errados: sabe transgredir sem agredir. Gente fina é aquela que é generosa, mas não banana. Te ajuda, mas permite que você cresça sozinho. Gente fina diz mais sim do que não, e faz isso naturalmente, não é para agradar. Gente fina se sente confortável em qualquer ambiente: num boteco de beira de estrada e num castelo no interior da Escócia. Gente fina não julga ninguém - tem opinião, apenas. Um novo começo de era, com gente fina, elegante e sincera. O que mais se pode querer? Gente fina não esnoba, não humilha, não trapaceia, não compete e, como o próprio nome diz, não engrossa. Não veio ao mundo pra colocar areia no projeto dos outros. Ela não pesa, mesmo sendo gorda, e não é leviana, mesmo sendo magra. Gente fina é que tinha que virar tendência. Porque, colocando na balança, é quem faz a diferença.”
Martha Medeiros.  (via acrescentada)
Desaprender para aprender. Deletar para escrever em cima. Houve um tempo em que eu pensava que, para isso, seria preciso nascer de novo, mas hoje sei que dá pra renascer várias vezes nesta mesma vida. Basta desaprender o receio de mudar.”
Martha Medeiros.  (via cartas-rasgadas)
Não existem segundas chances, porque nada volta a ser como era antes. Depois que algo é quebrado sempre vão existir marcas que vão provar que algo esteve errado. Não existe segundas chances quando um coração é magoado. Não existe outras oportunidades para algo que se deixou passar.”
Caio Fernando Abreu    (via cartas-rasgadas)